terça-feira, 8 de julho de 2008

Mania de perseguição


Ele me persegue, eu sei...
Persegue-me por todos os lados...
Os livros infantis me perseguem...
A máfia me persegue...
A cor rosa me persegue...
Até Alice me persegue...
Não agüento mais...
Todos me perseguem...
Minha chefe me persegue...
Meu professor me persegue...
Aquela louca invejosa me persegue...
A gramática me persegue...
E me tortura também...
O chocolate me persegue...
A saudade me persegue...
A amiga perdida me persegue...
O riso me persegue...
Mas este, sempre perseguiu...
Luto, evito...
E mesmo assim não consigo...
O desejo me persegue...
O segredo me persegue...
E se revela pra que algo mais venha a me perseguir...
O vazio e a plenitude me perseguem...
O estranho me persegue...
E é estranho como não sinto medo...
Meu outro eu me persegue...
A crítica me persegue...
E tolero mais do que posso...
Céus, até as fadas me perseguem...
A ansiedade, esta nunca deixou de perseguir...
Mato ela para ela não me matar...
O consumismo me persegue...
Assim como a falta de dinheiro...
A imaginação me persegue...
E as vezes grita comigo...
A vaidade me persegue...
A falta dela me denuncia...
Tudo anda a me perseguir...
Só eu insisto em ignorar o complô da realidade.


***Publicado no meu blog "Sweet&Love" em 28 de Junho de 2007.

Nenhum comentário: